Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

Arquivo para a categoria ‘Rubem Fonseca’

Rubem Fonseca – Agosto

A Ediouro vem republicando os livros antigos de Rubem Fonseca.

O problema é o preço exorbitante praticado por cada volume, este por exemplo, custa R$ 44,90 e volume tem somente 368páginas e chama-se Agosto que tem a seguinte sinopse:

1º de agosto de 1954, Rio de Janeiro, capital da República. Um empresário é assassinado e outro crime é planejado na sede do governo federal. O atentado frustrado contra o jornalista Carlos Lacerda, opositor de Getúlio Vargas, causará uma das maiores reviravoltas da história do Brasil. Um dos maiores sucessos de crítica de Rubem Fonseca, Agosto nos questiona: em que medida a história de uma pessoa e a história de um país se determinam, se diferenciam e se assemelham? Ao misturar com maestria história e ficção, o autor encontra a resposta: a boa literatura.
Anúncios

Rubem Fonseca – A Coleira do Cão

A Ediouro vem republicando os livros antigos de Rubem Fonseca.

O problema é o preço exorbitante praticado por cada volume, este por exemplo, custa R$ 39,90 e volume tem somente 256 páginas e chama-se A Coleira do Cão que tem a seguinte sinopse:

A coleira do cão, segundo livro de Rubem Fonseca publicado em 1965, é em certa medida um diálogo com seu livro de estreia, Os prisoneiros, ressaltando em seus contos a condição do homem como prisioneiro de si mesmo. As oito histórias desse volume são consideradas pela crítica o segundo degrau na construção de uma das obras literárias mais complexas e ricas de nosso tempo, que põe cada leitor diante de sua própria imagem em meio à beleza e à violência do mundo.

Rubem Fonseca – O Seminarista

A Editora Agir publicou O Seminarista de Rubem Fonseca que tem a seguinte sinopse:

Ex-seminarista que vive lembrando frases latinas, o matador de aluguel José gosta de ler poesia e de assistir filmes, e recebe os serviços de um personagem misterioso chamado Despachante. Disposto a iniciar uma vida nova, ele começa a receber dicas de que seria alvo de um antigo cliente. Conciso e intenso, neste romance encontramos Rubem Fonseca no domínio completo de seu estilo, com um final impactante e surpreendente.

Rubem Fonseca – Os Prisioneiros

A Editora Agir está republicando Os Prisioneiros de Rubem Fonseca que tem a seguinte sinopse:

Os prisioneiros marca a estreia de Rubem Fonseca como autor, em 1963. Ele foi saudado pelo crítico Wilson Martins como “um escritor que traz a literatura no sangue”. Com domínio da escrita, inaugurava uma nova maneira de fazer literatura no Brasil, ao falar do homem da metrópole com seus vícios e virtudes, em uma linguagem ao mesmo tempo direta e lírica. Os protagonistas dos doze contos do livro guardam uma força para resistir ao mundo que uniformiza e corrompe o que existe de mais verdadeiro em cada ser humano.

Rubem Fonseca – Lucia McCartney

A Editora Agir está republicando Lucia McCartney de Rubem Fonseca que tem a seguinte sinopse:

“É o mais importante livro de ficção brasileira dos últimos anos.” Esta frase, disse Sérgio Sant’Anna, sobre Lúcia McCartney, quando foi lançado, em 1969. O terceiro livro de Rubem Fonseca o confirmou como um dos renovadores de conto brasileiro. Tudo era novo: os temas, a linguagem, a coragem de experimentas vozes que não estavam representadas na literatura brasileira. Reconhecida como obra prima pela crítica e público, os dezenove contos do livro revelam o mergulho de um autor, em pleno domínio de sua escrita, na vertigem de seu tempo.