Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

Arquivo para a categoria ‘Pery Ribeiro e Ana Duarte’

Pery Ribeiro e Ana Duarte – Minhas Duas Estrelas

A Editora Globo lançou há alguns anos e está relançando agora em função do lançamento da minisérie Dalva e Herivelto na Rede Globo, o livro Minhas Duas Estrelas de Pery Ribeiro e Ana Duarte.

Minhas Duas Estrelas, do cantor Pery Ribeiro e de Ana Duarte, é um extenso e detalhado depoimento do primeiro sobre a vida, a obra e a tumultuada relação de seus pais: o compositor Herivelto Martins e a cantora Dalva de Oliveira, duas das maiores personalidades da história da música brasileira, além de figuras centrais da “Era do Rádio” (e que agora serão as grandes personagens da minissérie Dalva e Herivelto: Uma Canção de Amor, a estrear na Globo em janeiro). Ruy Castro, um dos maiores experts de nossa música, assina o prefácio.Filho mais velho do casal, Pery Ribeiro, nascido na pobreza em 1937, narra toda a trajetória de suas “duas estrelas”, sua ascensão, sua consagração, sua separação traumática, seus novos casamentos, entrecruzando as enormes transformações da vida de seus pais com sua própria vida. O resultado é uma narrativa emocionante, que lança luzes inéditas sobre parte importante da história da música brasileira, e à qual não faltam as amantes de Herivelto, os copos de Dalva, as brigas homéricas e tampouco “detalhes quase inconfessáveis”, nas palavras de Ruy Castro. Mas também muito brilho: entre suítes de grandes hotéis, programas de rádio e palcos de cassinos, desfila uma longa lista de nomes famosos, como Dorival Caymmi, Linda Batista, Francisco Alves, Grande Otelo, Orlando Silva, Ciro Monteiro, Emilinha Borba, Pixinguinha, Dick Farney, Nelson Gonçalves, Bing Crosby, Carmen Miranda, Josephine Baker, Noel Rosa, Villa-Lobos, Pixinguinha, Lupicínio Rodrigues, Heitor dos Prazeres, Lamartine Babo, Nat King Cole, Orson Welles, Tom Jobim e Mané Garrincha (o primeiro a chegar ao hospital em que Dalva de Oliveira foi internada, após o acidente que a desfiguraria).Herivelto Martins foi o autor de muitos dos maiores clássicos da música brasileira além de responsável por várias inovações, como a introdução do apito na escola de samba, a gravação em disco da própria obra e a luta pela regulamentação do direito autoral no país. Dalva de Oliveira, além do sucesso internacional (excursiona por Londres – onde canta para a rainha Elizabeth II -, Lisboa, Madri e Barcelona, e faz enorme sucesso na Argentina, no Uruguai e no Chile), no Brasil seria eleita “Rainha do Rádio” em 1951, e se tornaria a grande cantora de uma época glamourosa: “a estrela Dalva”.
Anúncios