Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

Arquivo para a categoria ‘Nora Roberts-Lealdade-Mortal’

Nora Roberts – J.D.Robb – Lealdade Mortal – Vol 9

Está chegando as livrarias na próxima semana, o 9o. livro da série Mortal, escrita por J.D. Robb, pseudônimo de Nora Roberts, que é lançamento habitual da editora Bertrand Brasil. A sinopse disponibilizada pela editora é a seguinte:

A tenente Eve Dallas está pronta para enfrentar o seu mais talentoso inimigo: um “admirador secreto” que a provoca com cartas anônimas e promove uma destruição em massa sem misericórdia. Em Lealdade mortal, o nono romance futurista da Série mortal, a mais famosa série policial da atualidade, de J.D. Robb (Nora Roberts), o mal parece estar mais forte e mais próximo do que nunca. Será que Eve conseguirá fazer com que o bem seja mantido, e a ordem, restaurada?Um desconhecido grupo terrorista usa poderosas bombas para tentar colocar Nova York sob o domínio do medo. Envia mensagens terríveis à tenente Eve Dallas, nas quais promete derramar sangue, espalhar o terror e produzir uma destruição em massa para acabar com o “governo corrupto”. E, quando a cruel teia de mentiras e terrorismo ameaça as pessoas que Eve mais ama, ela reage com garra e determinação. É a sua cidade, o seu trabalho, e os alvos estão cada vez mais perto dela. Agora, numa eletrizante corrida contra o relógio, ela precisa fazer com que todas das peças se encaixem… antes que a cidade seja destruída. Escrita por Nora Roberts, sob o pseudônimo de J. D. Robb, a Série mortal teve início com Nudez mortal, livro em que a tenente tentou desvendar um intricado caso de assassinato, cujo principal suspeito era Roarke, excêntrico multimilionário irlandês de passado nebuloso. No volume anterior, Conspiração mortal, o oitavo da série, a destemida tenente enfrentou um serial killer que se julgava em missão divina e descartava vidas que considerava inferiores. Os crimes não deixavam marcas roxas nem sinais de luta – apenas um buraco feito a laser, com bordas perfeitas e o tamanho de um punho, no lugar do coração. No calor do jogo de gato e rato com o assassino, o trabalho de Dallas subitamente se colocou na linha de tiro.