Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

Arquivo para a categoria ‘Michael Connelly’

Michael Connelly – O Veredicto de Chumbo


A Editora Suma de Letras está publicando o livro O Veredicto de Chumbo de Michael Connelly que tem a seguinte sinopse:

Depois de dois anos muito difíceis, o advogado Mickey Haller finalmente vê se apresentar, ainda que de forma amarga, a oportunidade de uma volta por cima. Com o assassinato de seu antigo colega Jerry Vincent, Haller herda um caso de grande importância: a defesa de Walter Elliot, o cabeça de um grande estúdio de cinema, acusado de matar a esposa e o amante dela. Os holofotes são garantidos, bem como o reconhecimento em caso de êxito. A contrapartida é o risco: Haller logo percebe que herdou também a inimizade do assassino de Vincent, e que pode muito bem se tornar sua próxima vítima.
É quando entra no jogo o detetive encarregado de infernizar a vida: Harry Bosch, ninguém menos que o protagonista de 13 livros anteriores de Connelly (entre eles Echo Park e O Mirante, títulos da Coleção Suma Policial). Determinado a capturar o assassino, Bosch abraça em O Veredicto de Chumbo a oportunidade que surge à sua frente. Sabe que o advogado é uma isca perfeita para que alcance seu objetivo e, mesmo procurando protegê-lo, não hesita em lançá-lo como peça chave de seu esquema.
No entanto, e apesar da convivência inicial marcada pela desconfiança mútua, os dois homens logo perceberão que têm de se ajudar se quiserem atingir o que pretendem. Haller sabe que tendo Bosch como aliado, poderá estar de frente com sua única opção de solucionar o caso e se manter vivo.

Michael Connelly – O Último Blefe

A Editora Best Seller publicou em 1998, o livro O Último Blefe de Michael Connelly, veja sinopse abaixo:

Ao parar seu Rolls-Royce em uma curva da estrada deserta, ele não esperava que iria dar carona à própria morte…

Michael Connelly – Divida de Sangue

A Editora Best Seller publicou em 1998, o livro Divida de Sangue de Michael Connelly, veja sinopse abaixo:

De coracao novo, um ex-agente do FBI so quer viver em paz. Mas dois meses apos o transplante, descobre que o coracao que agora bate em seu peito era de uma jovem assassinada. Abalado ele sente-se na obrigacao de saldar sua divida para com a doadora.

Michael Connelly – O Vôo dos Anjos

A Editora Record publicou na Coleção Negra, o livro O Vôo dos Anjos de Michael Connelly, que pode ser encontrado no link do site da Submarino acima e tem a seguinte sinopse:
Hieronymous Bosch, ou Harry Bosch, é acordado no meio da noite por um telefonema que o encarrega de investigar o assassinato de Howard Elias, um advogado negro, que fez carreira investigando crimes de racismo e maus tratos, uma celebridade odiada pela polícia.

Michael Connelly – Cidade dos Ossos

A Editora Record publicou na Coleção Negra, o livro Cidade dos Ossos de Michael Connelly, que pode ser encontrado no link do site da Submarino acima e tem a seguinte sinopse:
No dia de Ano-Novo, um cachorro desenterra, nas colinas de Hollywood, o esqueleto de um menino morto há muitos anos Bosch, que estava de plantão, assume o caso. Um investigação estranha na qual precisa voltar ao tempo, identificar a vítima, e, só então, tentar encontrar o assassino que desapareceu por completo. O mistério atrai a atenção da imprensa, que arma um verdadeiro circo. Quando um morador da área, que anos antes tinha sido acusado de pedofilia, comete suicídio, o departamento de polícia imediatamente vê naquilo uma confissão de culpa que agradaria à mídia e colocaria os detetives trabalhando em casos mais recentes. Mas Bosch percebe que tudo aquiloé um grande jogo. E, mesmo contra a vontade de seus superiores, resolve ir até o fim. Uma nova aventura brilhante de um dos grandes detetives de todos os tempos.

Michael Connelly – Mais Escuro Que a Noite

A Editora Record publicou em 2003, o livro Mais Escuro Que a Noite de Michael Connelly que pode ser encontrado no link da submarino acima e tem a seguinte sinopse:

Uma aventura policial que junta os personagens mais famosos criados por Michael Connelly: os detetives Harry Bosch, de “O vôo dos anjos”, e Terry McCaleb, agente do FBI, que os brasileiros conheceram nas telas de cinema, na pele de Clint Eastwood, no filme “Bloodwork”, de 2002. O agente McCaleb – totalmente recuperado de um transplante de coração, em paz com sua família e aparentemente aposentado – acredita estar livre para uma vida de pequenos prazeres. Contudo, contrariando todas as suas expectativas, o FBI pede sua ajuda para desvendar um misterioso assassinato.

Michael Connelly – Morte Proibida

A Editora Record publicou na série Negra em 2007, o livro Morte Proibida (The Closers) de Michael Connelly que é uma aventura do Detetive Harry Bosch, pode ser encontrado através do link da submarino acima e tem a seguinte sinopse:

Após três anos de aposentadoria, Harry Bosch está de volta ao Departamento de Polícia de Los Angeles, um lugar que se encontra muito diferente daquele que o detetive deixara para trás. Um novo chefe foi trazido de Nova York com a intenção de “fazer uma faxina” na corporação. E nessa maré de mudanças, Bosch é designado, em companhia da antiga parceira Kiz Rider, para a Unidade de Casos em Aberto. Em 1988, um caso terrível abalou Los Angeles. O corpo de Rebecca Verloren, de apenas 16 anos, foi encontrado na encosta de uma colina. Um ferimento à altura do peito, resultado da perfuração de uma bala, foi a causa mortis. A princípio, as investigações apontaram para suicídio, porém algumas provas contrariavam a hipótese. A despeito da meticulosa investigação à época, o crime nunca foi solucionado. Harry Bosch tem agora a missão de fechar o caso. Um exame de DNA esquenta novamente a investigação. E não se trata apenas da família e amigos da garota em cujas vidas Bosch está revirando mais uma vez. A cada novo passo, Bosch enfrenta resistência dentro da própria força policial. Alguns velhos inimigos estão bem próximos. Enquanto luta incansavelmente para descobrir a verdade, o detetive acaba por se perguntar se aquela nova missão não está destinada a ser a última. Afinal de contas, escavar o passado pode curar velhas feridas – ou expor algumas novas, ainda mais dolorosas.