Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

Arquivo para a categoria ‘John Lennon’

Imagine (crescendo com o meu irmão John Lennon) – Julia Baird

A Editora Globo está lançando neste mês, o livro Imagine Crescendo com o meu irmão John Lennon, com 328 páginas e escrito por sua meia-irmã Julia Baird. Mais um dos livros que se somam aos inúmeros livros já publicados sobre The Beatles e John Lennon.

Aparentemente pela sinopse abaixo, disponibilizada pela editora, dá vontade de ler também este, fica a dica aos beatlemaniacos.

Imagine só Crescendo com meu irmão John Lennon, de Julia Baird, não segue a tendência das biografias definitivas, baseadas numa pesquisa exaustiva e no objetivo de reproduzir a vida do biografado com toda minúcia. Paradoxalmente, porém, pela proximidade da autora com o biografado, esta é uma biografia ao mesmo tempo mais e menos minuciosa. Menos, ao não ser extensiva a toda a vida do biografado, e mais, ao se basear, para o período e os aspectos que aborda, na memória direta e nas informações de primeira mão da autora. Além de um índice remissivo não apenas de nomes, mas também de momentos/situações chave na vida de Lennon, o livro conta com prefácio e posfácio da autora e com uma amostra generosa de sua coleção particular de fotografias familiares inéditas.Certa vez John Lennon afirmou que os Beatles eram mais famosos que Cristo. Essa fama acarreta, quanto ao conhecimento dos personagens, um efeito duplo: de um lado, sabe-se tudo de suas vidas; de outro, tal familiaridade impede o recuo necessário para passar por cima dos mitos cristalizados no caminho. Se se sabe tudo, nada há a questionar e, principalmente, a descobrir. Este é o ponto de partida da meia-irmã de Lennon ao escrever sua biografia. Ou seja, que muitas das certezas sobre sua vida são mitos. Não no sentido de serem mentiras factuais, mas no de serem tão erroneamente interpretados que já não correspondem à verdade. Nas esclarecedoras palavras da autora: Este livro é a minha tentativa de dar sentido à minha própria vida e a do meu meio-irmão John. Todas as famílias têm histórias secretas e a maioria passa suas vidas tentando mantê-las escondidas até mesmo uns dos outros. Na nossa, entretanto, as histórias escondidas têm sido penduradas em uma tela gigante nos céus, convidando à verificação e crítica de todos e à pesquisa e dissecação dos especialistas em Beatles e em John. Tivemos que deixá-los continuar, sabendo que grande parte as histórias estavam erradas. Na verdade, tantas coisas inexatas têm sido escritas sobre John e nossa família que, às vezes, tenho que lembrar a mim mesma as verdades básicas. Verdades básicas dadas, agora, a público. O primeiro e principal mito, naturalmente, é quanto à sua própria mãe, a grande e grandemente problemática personagem de sua(s) vida(s). Os fatos básicos são conhecidos: a ausência do pai, a desistência de criar o filho, que é então entregue à tia Mimi, quando, na verdade, não lhe teria sido dada opção…