Smile! You’re at the best WordPress.com site ever

Arquivo para a categoria ‘Edgar Allan Poe’

Edgar Allan Poe – Relato de Arthur Gordon Pym

A Editora L&PM publicou na série pocket, o livro Relato de Arthur Gordon Pym de Edgar Allan Poe que tem a seguinte sinopse:
Este livro é um dos mais importantes trabalhos de Edgar Allan Poe (1809-1849), além de ser o único romance concebido por Poe, um notório poeta, ensaísta e contista. O Relato de Arthur Gordon Pym influenciou decisivamente Melville na concepção do clássico Moby Dick. Trata-se de uma dramática novela envolvendo um naufrágio e um desfile de situações dramáticas. Além de um extraordinário relato de viagem é uma obra prima de aventura e terror.

Edgar Allan Poe – Assassinatos na Rua Morgue

A Editora L&PM publicou na série pocket, o livro Assassinatos na Rua Morgue de Edgar Allan Poe que tem a seguinte sinopse:

Para se ter uma idéia precisa da influência de Edgar Allan Poe sobre os romances policiais e de mistério que tanto sucesso fariam a partir de meados do século XIX, basta dizer que, não fosse o conto “Assassinatos na rua Morgue” (1841), não haveria Sherlock Holmes (Conan Doyle, 1887), Hercule Poirot (Agatha Christie, 1920), Padre Brown (G. K. Chesterton, 1911), Don Isidro Parodi (Bioy Casares e J. L. Borges, 1950) e tantos outros detetives ou investigadores que até hoje encantam milhões de leitores.

O personagem central deste conto, o francês Monsieur C. Auguste Dupin, poderia ser Sherlock Holmes e o narrador poderia ser o Dr. Watson. O fascinante personagem de Poe, através de um sistema próprio de dedução baseado na sua profunda capacidade de observação dos fatos, é capaz de ler os pensamentos do seu interlocutor e desvendar um dos mais intrincados e misteriosos casos de assassinato já enfrentado pela polícia francesa: o bárbaro duplo assassinato de mãe e filha num apartamento na rua Morgue. Meio século depois, Conan Doyle tomou emprestada a alma de Dupin para criar seu Sherlock. A partir daí o gênero caiu no gosto do público e os grandes personagens se multiplicaram.

Edgar Allan Poe – A Carta Roubada

A Editora L&PM publicou na série pocket, o livro A Carta Roubada de Edgar Allan Poe que tem a seguinte sinopse:

A queda da casa de Usher, a história de um estranho casal de irmãos cuja corrupção moral e psíquica é refletida na falência física da mansão gótica onde moram. Um homem que esquizofrenicamente sente-se perseguido por um sujeito de mesmo nome que tenta usurpar-lhe a vida e a identidade, em William Wilson. Um ressentido que traiçoeiramente atrai o seu inimigo para o mais horripilante local a fim de perpetrar uma vingança maturada há anos, na narrativa O barril de amontillado. Um indivíduo que, em O poço e o pêndulo, se vê aprisionado por forças da Inquisição e, sozinho, é submetido à mais horripilante tortura psicológica. A carta roubada, a última das histórias protagonizadas por Auguste Dupin, na qual o pai e modelo de todos os detetives da literatura demostra como utilizar a força do intelecto, ao desvendar um caso de roubo e extorsão.

Essas e outras assustadoras e penetrantes preciosidades compõem esta analogia de contos do grande Edgar Allan Poe (1809-1849), mestre da narrativa curta, sensibilidade privilegiada e perturbada, precursor do romance policial, exímio explorador das profundezas psicológicas do homem e um dos maiores escritores da literatura mundial.
Contos:
“A carta roubada””Metzengerstein””Berenice””Ligéia””A queda da Casa de Usher””William Wilson””O retrato ovalado””A máscara da Morte Rubra””O barril de amontillado””O poço e o pêndulo”